A carregar...


Projecto de Internacionalização RG - Herdades do Monte Novo e Conqueiro – Prod. de Quinta, Vinhos e Azeites do Alentejo, ACE

 

 

Projecto apoiado e financiado pelo Sistema de Incentivos SI Qualificação e Internacionalização.


A RG – Herdades do Monte Novo e Conqueiro – Prod. de Quinta, Vinhos e Azeites do Alentejo, ACE , é um Agrupamento Complementar de Empresas que tem como objectivo a promoção e comercialização dos produtos de quinta da família Rovisco Garcia, nomeadamente o vinho e o azeite.

Criou-se para esse efeito a marca RG Rovisco Garcia, marca esta que aglutina os produtos sob o mesmo conceito (Produtos de Excelência do Alentejo), tendo-se apostado num packaging com design atractivo, que conjuga a tradição familiar com uma imagem actual.  

Tanto o vinho como o azeite são produtos de qualidade que se posicionam no segmento “gourmet”.

Para iniciar o seu processo de internacionalização apresentou um projecto ao sistema de incentivos Qren Internacionalização,

Este projecto de investimento contribuiu para o incremento de três factores dinâmicos de competitividade, a propriedade industrial, a economia digital e a internacionalização.

Em termos das acções desenvolvidas o projecto consistiu no registo da marca “umbrella”, na criação de uma plataforma de comunicação digital que promovesse a comunicação e a economia digital dos produtos como um todo, na realização de um Estudo de Mercado para identificar e conhecer os mercados alvo, na concepção do Plano de Marketing, na concepção e edição de materiais promocionais, para além da realização de duas missões de prospecção aos mercados alvo seleccionados, Alemanha e Macau.

Com a realização deste Projecto foi possível dotar o ACE de ferramentas para se apresentar nos mercados internacionais, com recurso às modernas formas de comunicação físicas e digitais. Foram ainda possíveis missões de prospecção aos mercados alvo, proporcionando um contacto directo com os mesmos e a apresentação pessoal do nosso projecto.

O Projecto teve uma taxa de execução de 89%, sendo que como balanço final podemos referir que a empresa se encontra dotada dos meios necessários para se apresentar nos mercados internacionais estando abertas as portas através dos contactos feitos com importadores para a internacionalização dos seus produtos.